Uma cidade chamada Almolonga, na Guatemala, sofria há muito tempo com um alto nível de violência, drogas, prostituição e por isto as delegacias não davam conta do número de pessoas que eram detidas. As famílias sofriam porque os homens eram alcoolistas severos e com isto a miséria proliferava por conta do alto nível de desemprego e consumo excessivo de álcool.

A lavoura não produzia e a terra experimentou uma praga que devastava a plantação. A cidade não chovia favoravelmente e com isto a experiência daquelas pessoas era de muita tristeza e desesperança.

Um dia chegou um pastor para aquela cidade, reuniu o povo cristão daquele lugar e iniciaram uma reunião de oração e clamor com o pequeno grupo de irmãos que criam que Deus podia mudar a cidade e o País. Não muito depois daqueles dias, caiu a primeira chuva e o povo começou a se alegrar, a dançar e ver que depois de tanto tempo de seca aquilo que estavam vendo era um milagre de Deus.

O Evangelho naquela cidade começou a impactar os corações. A Igreja começou a batizar pessoas e as famílias começaram a se converter ao Evangelho. Não muito tempo depois a colheita estava sendo próspera, os bares que existiam começaram a se tornar outro tipo de comércio porque os dependentes químicos começaram a deixar seus vícios. A violência chegou a ter um índice tão baixo que até a delegacia passava a quase não ter demanda., tudo isso porque a Igreja ocupou o seu lugar de intercessora e proclamadora. Igreja é simplesmente uma agência também de missões e evangelismo.

Vamos pensar em Arraial do Cabo?

%d blogueiros gostam disto: