Mensagem do culto da manhã do dia 05 de agosto de 2018
Pr. Carlos Henrique Soares

Tema: Quando somos confiscado

Enquanto o levavam, agarraram Simão de Cirene, que estava chegando do campo, e lhe colocaram a cruz às costas, fazendo-o carregá-la atrás de Jesus. Lucas 23:26

CONFISCAR Tirar algo que estava em poder de alguém, aprender, é uma forma de castigar

Três possíveis argumentos:

  • Simão é escolhido para aliviar os ombros de Jesus;
  • Simão é escolhido talvez pela força que aparentava ter;
  • Simão é visto dentre a multidão para tomar um lugar que aparentemente não era dele.

Porém….  Simão representava: famoso, vaidoso. Vinha de um campo – cuidava de seus interesses; de sua propriedade.
Quando somos confiscados: Aprendemos que precisamos rever a caminhada do compromisso com Àquele que carregou a minha cruz;
Quando somos confiscados: Saímos do lugar da fama e da vaidade para sermos visto pela nossa própria vergonha.
Quando somos confiscados: Nossa força se reduz a um simples ato de ajudar aos que sofrem, que são humilhados, maltratados.
Quando somos confiscados: Saímos do campo de interesse e entramos no cena dos planos de Deus. Simão entrou no Projeto de Deus obrigado, mas se perpetuou no reconhecimento.

%d blogueiros gostam disto: